só agora

8 respostas
Sabe, agora eu só queria paz.

Um espaço sem esses que não sabem do que eu to falando, os que não não nem aí por que eu to procurando.
Uma casinha pequena pra eu poder ser uma velha chata, pra eu poder ser uma jovem doida. Uma doida varrida, uma artista, uma pequena pervertida.
Quer me ver no meu melhor estado? Quer me ver toda suja tinta e dançando? Bêbada e falando obscenidades? Eu poderia ficar nua e permanecer dançando se você pedir. Só me tire desse inferno, que eu não aguento mais ser uma menina certinha.

mudança de planos

3 respostas
- Você vai embora amanhã que horas? - enquanto acariciava os cabelos do rapaz deitado em seu colo.
- Vou amanhã não, vou ficar mais um pouco contigo. Quer?
- Faço nem questão! - ela desdenhou.
- Então eu vou embora. - brincou.
- Mentira! Fica.

Ela ela o beijou. E ele tirou sua blusa. Ela rasgou-lhe as costas. Ele se afogou-se em seus peitos. Ela mordeu os lábios. Ele lhe mordeu a coxa. Ela desabotoou-lhe a calça. E terminou com a cabeça dele entre as pernas dela. Isso por que o marido dela chegou e os dois terminaram mortos.

entrespasmos

2 respostas
estou velha. estou cansada.

enfraquecida. estou de vigília.

sabe o remédio? existe cura?

envelheci. 50 anos em 3 meses. quem me conhece sabe. não sou eu.

não me espere, não vale a pena. não me procure, eu não presto.

se só de vez em quando eu falo, quanto a isso eu me desculpo. agradeço.

estou aqui, saiba disso. estou aí. estou por você. todos vocês.

estou. sabe Deus até quando.

logo, logo

3 respostas
Um dia você vai perceber que tudo isso é fantasia. Um dia você vai ver o quanto foi irracional me fazer essas promessas e juras de amor que você não poderá cumprir. Um dia você vai se cansar de me procurar, me procurar e me procurar enquanto eu apenas me permito ser achada. Você vai para e perceber que essa relação não tem futuro. Você vai ver que eu não te amo da mesma maneira que você me ama, embora eu te ame muito. E nesse dia, ah, seu moço, nesse dia, eu estarei aqui pra lhe pôr no colo.
0 respostas
a vida parece aquelas montanhas russas.

vai mudando... gira de cabeça pra baixo... dá rodopios...

a gente grita, chora, se desespera...

mas no fim, ela nunca sai dos trilhos.

Sem título 2

1 respostas
Ela se aproximou, lentamente, com seu vestido negro. Percorreu com o olhar o salão e deixou escapar pelo canto da boca um meio sorriso: seus olhos se encontraram com os de Alejandro. Ele a brindou, ela se virou abruptamente. Ele, sentado numa mesa lateral, contava piadas para um grupo de executivos. Ela, sentada num banco no bar, bebericava o wisky oferecido pelo cavalheiro na mesa em frente, observando sua sucessora que cantava no palco. Vez por outra, seus olhares se cruzavam. Agora era ele quem a provocava, ela sorria. Os dois adoravam aquela brincadeira.